Sistema Nervoso dos Cordados

Uma das principais características dos cordados é a presença da notocorda e do tubo nervoso dorsal.

A notocorda é um cordão nervoso dorsal gelatinoso, encontrada dorsalmente ao longo do eixo longitudinal do corpo do animal. Nos animais vertebrados, ao redor dessa estrutura, há o desenvolvimento de vértebras, dando origem ao tubo nervoso, que é oco, ao contrário dos invertebrados onde o tubo nervoso é maciço, sendo essa estrutura encontrada pelo menos durante um período de sua vida. Essa última estrutura tem origem embrionária, por meio de uma invaginação da ectoderme que se encontra acima da notocorda. Na sua extremidade anterior encontra-se o encéfalo, protegido por uma estrutura óssea (o crânio).

Os protocrodados, que são uma subdivisão dos cordados, dividem-se em dois grupos:

  • Cefalocordados: são mais evoluídos, sendo que a notocorda persisite por toda a vida desses animais;
  • Urocordados: o sistema nervoso desses animais, quando no estágio larval, é formado por fibras nervosas dorsais e um cordão nervoso, sendo encontrada na cauda do animal, na maioria das vezes. Quando a larva se fixa em algum substrato, perde a notocorda e o tudo nervoso dorsal, permanecendo desse modo na fase adulta.

Leia também:

Fontes:
http://www.coladaweb.com/biologia/reinos/cordados
http://curlygirl.no.sapo.pt/cordados.htm
http://www.todabiologia.com/zoologia/cordados.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cordados

Arquivado em: Anatomia animal, Cordados