Biosfera

Graduada em Ciências Biológicas (UNISUAM, 2010)
Graduada em Zootecnia (FAGRAM, 2006)

O termo biosfera significa “ambiente que reúne todos os ecossistemas da Terra”. É onde existe vida e onde as necessidades básicas dos seres vivos podem ser satisfeitas permanentemente. Pode-se definir seus limites desde os mais elevados picos montanhosos até as fossas abissais marinhas, incluindo também dos ambiente mais gélidos aos mais quentes.

A Biosfera pode ser estratificada por três regiões:

  • Litosfera: camada superficial sólida da Terra;
  • Hidrosfera: representa o ambiente líquido;
  • Atmosfera: camada gasosa que circula a Terra e que envolve as outras duas regiões.

A Biosfera começou a surgir juntamente com os primeiros seres vivos da Terra, que desde então, começaram a evoluir e se diversificar, passando a ocupar todos os diversos ambientes do planeta. E para satisfazer as necessidades de todos esses seres vivos, é necessário que existam fatores abióticos (fatores não vivos, mas que influenciam a vida dos seres vivos, como luz, água, temperatura, pressão e salinidade, dentre outros) e escassez de fatores maléficos para a vida (radiações prejudiciais, substâncias tóxicas e grandes variações de temperatura), e que ambos estejam em níveis adequados para poder sustentar e satisfazer as condições de vida dos seres vivos.

Crédito: Sunny studio / Shutterstock.com

Como pode ser observado, a Biosfera não é uma estrutura simples. Ela é extremamente complexa e delicada, pois a composição da mesma é decorrente dos vários fenômenos físicos e químicos correlacionados às atividades biológicas dos seres vivos, que realizam atividades como alimentação e respiração, consumindo e produzindo gases que transformam a composição do ar, por exemplo, além de outros produtos metabólicos.

Há também diversas outras formas de interação dos seres vivos com a Biosfera. Por exemplo, eles remodelam a estrutura do solo, seja naturalmente, como uma minhoca furando túneis, ou artificialmente, como um homem desmatando uma floresta. Estas ações modificam a biosfera constantemente, o que pode ser benéfico ou maléfico. E o homem está transformando o ambiente em que vive extremante rápido, não dando tempo do ambiente se recuperar e isso modifica em grande parte a Biosfera de forma prejudicial.

É necessário ter conhecimento da biosfera para se compreender como acontece a dinâmica da evolução do clima e da sustentabilidade do ecossistema como um todo e com isso serem desenvolvidas políticas para minimizar os impactos prejudiciais ao meio ambiente. Com base nesta premissa foi criada pela Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – em 1972, a Reserva da Biosfera, que é uma área destinada para conciliar a conservação ambiental e o avanço sustentável do ser humano, melhorando a convivência entre homem e natureza, sempre visando a proteção e o uso sustentável dos recursos do meio ambiente. É uma área expressiva do ecossistema da região, seja ele marinho ou terrestre, funcionando como zonas de controle e área de estudo do meio ambiente.

Região UNESCO Número de Reservas da Biosfera Número de Países
África 52 22
Estados Árabes 26 13
Ásia e Pacífico 130 23
Europa e América do Norte 289 34
América Latina e Caribe 117 21

Existem 7 Reservas da Biosfera no Brasil:

Referencias Bibliográficas:

O que é uma Reserva da Biosfera. Dicionário Ambiental. ((o))eco, Rio de Janeiro, jun. 2014. Disponível em: <http://www.oeco.org.br/dicionario-ambiental/28448-o-que-e-uma-reserva-da-biosfera/>.

STRONG, D. R. Harmonious coexistence of hispine beetles on Heliconia in experimental and natural communities. Ecology, 63:1039-1049. 1982.

TOWNSEND, C. R.; BEGON, M.; HARPER, J. L. Fundamentos em ecologia. Porto Alegre: Artmed, 2006.

http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/natural-sciences/environment/biodiversity/mab-programme-in-brazil/

http://www.mma.gov.br/biomas/caatinga/reserva-da-biosfera

Arquivado em: Biologia, Ecologia, Geografia