Questões da prova UFRGS 2015

Selecionamos as questões mais relevantes da prova de vestibular UFRGS 2015. Confira!
* Obs.: a ordem e número das questões aqui não são iguais às da prova original.

Questão 101:

Com o processo de expansão marítima, empreendido nos séculos XV e XVI, Portugal constituiu-se como um império ultramarino, espalhado em diversas regiões do globo.

Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo, sobre a história do Império português e da colonização no Brasil.

( ) A organização das instituições eclesiásticas nas colônias lusitanas foi estabelecida a partir da subordinação do Estado português à Igreja católica, prevista no chamado padroado régio.
( ) O Estado português valeu-se, pela primeira vez no Brasil, do trabalho escravo de africanos, posteriormente estendendo o mesmo procedimento ao conjunto das suas colônias.
( ) A estrutura política do Império português foi marcada por redes de poder locais que permitiam aos colonos um considerável grau de autonomia política e econômica, tornando, muitas vezes, conflitivas as relações entre metrópole e colônias.
( ) Os colonos e os mercadores estabelecidos no Brasil não mantinham relações comerciais com as colônias africanas, pois todo o sistema mercantil português estava centrado na metrópole, por onde necessariamente passavam os produtos comercializados.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:


Questão 102:

Considere as afirmações abaixo, sobre o Império Espanhol nas Américas, nos séculos XVI e XVII.

I - O Peru e o México, conquistados, respectivamente, dos incas e dos astecas, foram as regiões mais importantes desse império.
II - Uma das principais atividades econômicas foi a mineração, centrada principalmente na região de Potosí, na atual Bolívia.
III - A política econômica da metrópole privilegiou o livre-comércio entre as possessões espanholas e outras regiões europeias, com suas colônias.

Quais estão corretas?


Questão 103:

Durante o século XVII, a Inglaterra experimentou um período de profundas e violentas transformações políticas, desde a eclosão da Guerra Civil Inglesa (1642-1651) até a Revolução Gloriosa (1688).

Entre as principais consequências desse processo, podem ser enumeradas:


Questão 104:

Observe as figuras abaixo.

RUGENDAS, Johann Moritz. Viagem pitoresca através do
Brasil. São Paulo: Círculo do Livro. s.d. p. 215 e 225.

Considere as seguintes afirmações sobre o processo escravista no Brasil.

I - As relações sociais entre senhores e escravos, no Brasil, eram definidas pelo equilíbrio de poder estabelecido pela miscigenação, conferindo à experiência histórica brasileira o caráter de “democracia racial”.
II - Os africanos deportados da África para a América desenvolveram mecanismos de sociabilidade, constituindo famílias e formas de identidades sociais.
III - A Lei Áurea, além da emancipação dos escravos, decretava uma série de benefícios sociais e políticos para os libertos.

Quais estão corretas?


Questão 105:

No bloco superior abaixo, são citadas cinco rebeliões ocorridas no Brasil durante o período regencial; no inferior, as razões de ocorrências dessas rebeliões.

Associe adequadamente o bloco inferior ao superior.

1 - Abrilada
2 - Cabanagem
3 - Levante Malê
4 - Sabinada
5 - Balaiada

( ) Movimento popular ocorrido na Bahia em 1835, com o objetivo de tomar o poder em Salvador e de estendê-lo para a região do Recôncavo.
( ) Movimento popular ocorrido no Pará que levou ao desligamento do Império e à proclamação da República.
( ) Movimento surgido da disputa entre conservadores e liberais no Maranhão, com a participação também de índios, negros e mestiços.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:


Questão 106:

Leia o segmento abaixo.

Nenhum dos grupos em disputa pelo poder pretendia modificar a estrutura econômica e social herdada da colônia. Assim, os novos países permaneceram predominantemente agrários, com base no latifúndio; mantiveram as relações produtivas pré-capitalistas, inclusive com o crescimento do trabalho compulsório (servil, semisservil e escravo).

WASSERMAN, Claudia. História Contemporânea da América Latina, 1900-1930. Porto Alegre: Editora da Universidade, 1992. p. 9-10.

O segmento faz referência a um contexto histórico da América Latina. Assinale a alternativa que representa esse contexto.


Questão 107:

A organização do Império brasileiro, no século XIX, foi marcada por uma série de tensões sociais, políticas e militares. Um dos episódios mais relevantes desse período foi a chamada Guerra dos Farrapos (1835-1845).

Sobre o conflito, considere as seguintes afirmações.

I - A promulgação da Lei Feijó (1831), que tinha por objetivo fomentar o tráfico de africanos para o Brasil, contrariando assim os interesses republicanos das elites políticas da Província de São Pedro, foi um dos fatos desencadeadores da Guerra.
II - A Guerra dos Farrapos também pode ser inserida dentro de uma conjuntura platina na qual têm importância as relações mantidas entre lideranças sul-rio-grandenses e elites político-econômicas uruguaias.
III - O Corpo de Cavalaria dos Lanceiros Negros, formado por parte da população escrava habitante da Província, foi dizimado pelas tropas imperiais, na chamada “surpresa de Porongos”.

Quais estão corretas?


Questão 108:

Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo, sobre as Revoluções de 1848, ocorridas na Europa.

( ) A origem desses conflitos foi o levante espanhol antiabsolutista de 1848.
( ) A principal meta dos revolucionários foi o restabelecimento do absolutismo nos países europeus.
( ) Os revolucionários foram extremamente heterogêneos, representando ideologias e setores sociais diversos.
( ) Os efeitos dos conflitos foram sentidos inclusive no Brasil, como demonstra a Revolta da Praieira.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:


Questão 109:

Leia o segmento abaixo, escrito entre os dias 18 e 19 de maio de 1888.

O momento político e social é grave, gravíssimo. Os problemas que nos assediam, a despeito de havermos arredado o trambolho da questão servil, são ainda muito sérios, são da índole daqueles que decidem o futuro de um povo.

ROMERO, Sílvio. Prólogo da 1ª. edição. In: História da literatura brasileira. Tomo I. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio, 1953.

Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem.

O trecho faz referência ao contexto de ........, agravada, entre outros fatores, pela consolidação dos ideais ........, pela extinção formal do ........, pelo descontentamento dos ........ em relação ao governo central, culminando com o fim da monarquia no Brasil em 1889.


Questão 110:

Leia o segmento abaixo.

Com a proclamação da República em 1889, subiu ao poder no Rio Grande do Sul um novo partido, o Partido Republicano Rio-grandense (PRR), cuja base social era formada por indivíduos oriundos do latifúndio pecuarista, associados com os setores médios urbanos. O PRR adotou como ideologia o Positivismo, mas de maneira não ortodoxa.

KÜHN, Fabio. Breve História do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Século XXI, 2002. p. 111.

Considere as afirmações abaixo, sobre o governo do PRR no Rio Grande do Sul.

I - Enfrentou duas revoltas armadas, a Revolução Federalista de 1893 e a Revolução de 1923, organizadas pelos setores da oposição maragata.
II - Adotou uma forma de governo democrática, com independência entre os três poderes e limitações amplas à atuação do Poder Executivo.
III - Almejou um desenvolvimento global da economia do estado, a partir de um projeto econômico de modernização capitalista do Rio Grande do Sul.

Quais estão corretas?


Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 [11] 12 13 14 15