Clima polar

Licenciatura em Geografia (UNESP, 2013)

O clima polar ocorre nas extremidades do globo terrestre, em altas latitudes, ou seja, nas regiões dos pólos, como Antártida ao sul e Canadá, Groenlândia, Sibéria, Alasca e parte da Islândia ao norte.

Clima polar da Antártida. Foto: Denis Burdin / Shutterstock.com

Tem como características as baixas temperaturas o ano todo, variando entre 10ºC no verão e -35ºC no inverno, tendo a ocorrência de precipitações em forma de neve. Este clima também se torna condicionado ao eixo de inclinação terrestre, que acaba por receber uma menor incidência de raios solares, o que acarreta as temperaturas baixas.

A luz solar não chega durante seis meses do ano, quando devido ao movimento de rotação da Terra, estas áreas ficam do lado contrário ao Sol, não havendo incidência de raios solares, e quando há incidência em algumas épocas, o dia pode durar 24 horas. Por estes fatores essas regiões acabam sendo considerados vazios demográficos, pois o frio intenso impede o plantio e manejo do solo.

A vegetação é a tundra, ou seja, plantas rasteiras, líquens e musgos, que aparecem no período de três meses de verão, e nos demais essa vegetação fica coberta por gelo. Isso pode variar conforme a latitude, sendo que, quanto menor a latitude, menor será a ocorrência da vegetação, chegando a ser nula, ou seja, só há a presença das geleiras.

Geleiras na Islândia. Foto: Adellyne / Shutterstock.com

A elevação das temperaturas globais pode afetar o clima polar e consequentemente suas áreas, levando ao derretimento de calotas polares e possíveis consequências devastadoras, como inundações e perdas da biodiversidade.

Arquivado em: Clima