Divisões político-administrativas do Brasil

Graduado em Geografia (Centro Universitário Fundação Santo André, 2014)

Atualmente a divisão político-administrativa do Brasil está configurada em unidades de federação, onde se encontram os Estados e o Distrito Federal, e Municípios. Sendo suas principais diferenças suas dimensões hierárquicas.

O Brasil possui 27 Unidades de Federação, sendo 26 Estados e 1 Distrito Federal. Os Estados são as maiores unidades de hierarquia organizacional político-administrativas do país, sendo chefiadas por um Governador, que possui o poder executivo nesses Estados. As localidades chamadas de Capital são onde se encontram as sedes de Governo, geralmente um município dentro do Estado onde haverá um maior desenvolvimento econômico devido o fluxo de importância política que o mesmo possui. Os Estados podem se desmembrar, anexar-se a outros, formarem novos Estados, sendo feito de forma aprovada pela sua população, através de plebiscitos constitucionais, como foi visto no passado do Brasil, ocasionando no surgimento de novos Estados até possuir o formato que é visto hoje. Os 26 Estados do Brasil e suas respectivas capitais são:

  • Acre – Rio Branco (AC)
  • Alagoas – Maceió (AL)
  • Amapá – Macapá (AP)
  • Amazonas – Manaus (AM)
  • Bahia – Salvado (BA)
  • Ceará – Fortaleza (CE)
  • Espírito Santo – Vitória (ES)
  • Goiás – Goiânia (GO)
  • Maranhão – São Luís (MA)
  • Mato Grosso – Cuiabá (MT)
  • Mato Grosso do Sul – Campo Grande (MS)
  • Minas Gerais – Belo Horizonte (MG)
  • Pará – Belém (PA)
  • Paraíba – João Pessoa (PB)
  • Paraná – Curitiba (PR)
  • Pernambuco – Recife (PE)
  • Piauí – Teresina (PI)
  • Rio de Janeiro – Rio de Janeiro (RJ)
  • Rio Grande do Norte – Natal (RN)
  • Rio Grande do Sul – Porto Alegre (RS)
  • Rondônia – Porto Velho (RO)
  • Roraima – Boa Vista (RR)
  • Santa Catarina – Florianópolis (SC)
  • São Paulo – São Paulo (SP)
  • Sergipe – Aracaju (SE)
  • Tocantins – Palmas (TO)

O Distrito Federal é onde se encontra a sede do governo brasileiro, no qual estão concentrados os três poderes federais (Executivo, Judiciário e Legislativo), localizado em Brasília, no Estado de Goiás, é o único município do Brasil a ser administrado por um Governador. É no Distrito Federal que está a Capital do país, daí sua importância política para o país, e sua administração ser realizada por um governador.

Os municípios são unidades de menor hierarquia dentro da organização político-administrativa do país, chefiados pelos Prefeitos, que exercem o poder executivo essas unidades. Hoje os municípios do Brasil estão divididos em 5.561 unidades. Dentro dos municípios podem ser encontrados alguns distritos, que são unidades administrativas dos mesmos. Os municípios pertencem aos Estados, e podem ser classificados como urbanos ou rurais, de acordo com a moradia de sua população, ou seja, se a maior parte da população de um município vive na cidade (área urbana) ele é considerado urbano, se a maior parte de sua população viver no campo (área rural) ele é considerado rural. Há municípios totalmente urbanos e municípios totalmente rurais no Brasil.

As Divisões Político-Administrativas do país são feitas a modo de uma melhor gestão política do território nacional, tanto para gerenciar as economias quanto para ministrar as populações. É o Governo Federal o responsável por repassar as verbas públicas para os Estados e Municípios.

Bibliografia:

http://teen.ibge.gov.br/mao-na-roda/divisao-politico-administrativa-e-regional.html acessado em 17/11/2016

http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/indicadores_sociais_municipais/tabela1a.shtm acessado em 17/11/2016

SAMPAIO, Fernando dos Santos – Para viver juntos: geografia 7º ano - 3. Ed – São Paulo: Edições SM, 2012.

Arquivado em: Brasil