Morsa

A morsa (Odobenus rosmarus) é um animal mamífero marinho, carnívoro da família Odobenidae. Pode medir até 4 metros de comprimento e pesar até 1,6 toneladas. Possuem a pele áspera e enrugada, sendo que as rugas aumentam e a pele fica mais espessa com o decorrer da idade. Apresentam um bigode na região do focinho. Seus hábitos são diurnos.

Morsa. Foto: Captain Budd Christman, NOAA Corps [Public domain], via Wikimedia Commons

Morsa. Foto: Captain Budd Christman, NOAA Corps [Public domain], via Wikimedia Commons

Esses animais têm duas presas de marfim que usam para caçar e que as ajuda em sua locomoção nos blocos de gelo. As morsas cravam suas presas no gelo e puxam o corpo para frente. Nos machos, essas presas podem chegar a medir um metro. Apesar de precisarem subir a superfície para respirar, as morsas têm uma grande capacidade de mergulho, de até cem metros de profundidade. Isso é possível graças a uma série de adaptações que seu organismo sofre no momento do mergulho, como a redução do metabolismo, a concentração da circulação sangüínea aumenta nas regiões do coração e cérebro e a diminuição dos batimentos cardíacos.

Na água, usam nadadeiras que ficam na cauda e também nadadeiras que ficam onde, segundo pesquisadores, ficavam às mãos das morsas em períodos geológicos anteriores. Estes dois pares de nadadeiras têm função vital para o nado e para que vivam na água. Apesar de terem grande dificuldade de locomoção em terra, são excelentes nadadoras.

As morsas habitam as águas do Ártico, onde também se reproduzem. Elas vão para a terra poucas vezes, somente com o objetivo de acasalamento.

Os machos atingem a maturidade sexual aos 15 anos e a fêmea aos 8 anos de idade. Quando vão para a terra, na época do acasalamento, os machos mais fortes e mais velhos ficam com um grupo de fêmeas para si. A gestação dura 15 meses. Raramente é gerado mais de um filhote, sendo que este pesa 50 kg ao nascer. O filhote vai direto para o mar, assim que nasce. A fêmea amamenta e cuida do filhote por aproximadamente um ano e meio.

As morsas se alimentam principalmente de estrelas do mar, moluscos, ouriços, caracóis, crustáceos, entre outros. Grande parte de seu alimento

é encontrado no fundo do mar, onde suas presas a ajudam a se alimentar e a se defender de inimigos.

Embora tenha havido uma grande devastação da espécie em busca de sua gordura, couro e principalmente do marfim das suas presas, a matança das morsas diminuiu, graças aos programas de proteção da espécie. A morsa pode viver até 40 anos.

Foto: Captain Budd Christman, NOAA Corps [Public domain], via Wikimedia Commons

Arquivado em: Mamíferos