Sete Maravilhas do Mundo Moderno

Baseado no sucesso das “7 maravilhas do mundo antigo”, Bernard Weber, cineasta suíço canadense, resolveu, em 2000, lançar uma campanha para eleger as 7 maravilhas do mundo moderno através de votações pela internet ou pelo telefone.

Weber tentou a participação da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) para sua empreitada, mas teve sua proposta recusada porque, segundo a organização, o concurso não teve nenhum critério científico ao escolher as maravilhas que deveriam ser votadas. O que criou uma enorme polêmica na época.

De fato, as votações misturaram construções e monumentos antigos como a própria pirâmide de Gizé (uma das 7 maravilhas da antiguidade) e a muralha da China (construída no século III a.C.), com construções, estas sim do mundo moderno (ou contemporâneo), como o Cristo Redentor e a Cidade de Petra, na Jordânia.

De qualquer forma, a votação das 7 maravilhas do mundo moderno ganhou fama no mundo todo e milhares de pessoas votaram e elegeram as seguintes maravilhas do mundo moderno:

- O Cristo Redentor, construído na cidade do Rio de Janeiro de 1922 a 1931 e com 38 metros de altura, é a mais recente das 7 maravilhas do mundo moderno.

- A Muralha da China, com 6.500 km de extensão a muralha começou a ser erguida pro volta do século III a.C. e foi terminada no século XVII.

- O Taj Mahal é um mausoléu todo construído em mármore, que foi erguido por Shah Jahan, um governante mogol, em homenagem à sua esposa preferida Aryumand Banu Began que morrera ao dar a luz sendo, portanto, considerada como um monumento em homenagem ao amor.

- A Cidade de Petra, na Jordânia foi toda esculpida nos penhascos de arenito núbio e é o local onde nenhum estranho podia entrar desde o século 12. Mas o explorador suíço Johann Ludwig Burckhardt conseguiu, em 1812, ao se disfarçar convincentemente, de peregrino árabe revelando ao mundo as maravilhas da cidade de Petra.

- O Coliseu, com mais de 46 metros de altura é obra do poderoso Império Romano e um marco na engenharia construído a mais de 2 mil anos.

- A cidade inca de Machu Picchu, no Peru, foi provavelmente construída, toda em pedra, por volta de 1438 para uma população de aproximadamente mil pessoas e sua grande quantidade de templos indica que pode ter sido um centro religioso. Mas até não se sabe ao certo o que levou os incas a abandonar a cidade que permaneceu intacta por séculos.

- E a antiga cidade maia de Chichén Itzá, que fica na península de Yucatán, no México. É a maior cidade deixada pelos Maias e era o centro de seu reinado com inúmeras construções, sendo a maior, o templo de El Castillo com 25m de altura.

Arquivado em: Arquitetura, Curiosidades