Proteínas

Por Fabiana Santos Gonçalves

Histórico

As proteínas foram descobertas no século XIX através de estudos realizados principalmente com sangue e ovos. Na época, um dos materiais orgânicos mais estudados eram as claras de ovo de aves, que são chamadas de albume. O fato da clara do ovo se solidificar quando exposta ao aquecimento deixava os cientistas muito intrigados, assim como também acontecia com outras substâncias encontradas no leite e no sangue. Essas substâncias foram chamadas de albuminóides por terem características muito parecidas com o albúmen.

Após anos de pesquisas, foram descobrindo que havia muitos outros compostos albuminóides em nosso corpo.

O termo proteína foi utilizado pela primeira vez em 1838, por um químico holandês chamado Gerardus Johannes Mulder. E com o passar do tempo os interesses pelas proteínas só cresciam e os estudos estavam se tornando cada vez mais detelhistas. Descobriram a presença dos aminoácidos e de 1900 pra cá já foram indentificados 20 aminoácidos.

Proteínas

As proteínas estão relacionadas com quase tudo que ocorre nas células. Para começo de conversa, o papel central das proteínas está no fato de a informação genética ser expressa em proteínas. Para cada proteína existe um gene que codifica uma sequência específica de aminoácidos.

Alimentos ricos em proteínas. Foto: © iStock.com / ValentynVolkov

Alimentos ricos em proteínas. Foto: © iStock.com / ValentynVolkov

As proteínas também são muito importantes como agentes estruturais das células, catalisadoras de funções biológicas, proteínas de armazenamento, motilidade, proteínas reguladoras e proteínas de defesa do organismo, como os anticorpos, o fibrinogênio e a trombina.

Em cada célula existem vários tipos de proteínas, cada uma cumprindo uma função específica. Para cada proteína existe um gene para codificá-la.

As proteínas estão entre as macromoléculas mais abundantes e versáteis.

O papel das proteínas, juntamente com os ácidos nucléicos está diretamente relacionado com o controle de todas as funções celulares.

É muito interessante saber que toda essa variedade de proteínas é formada pelo mesmo grupo de 20 aminoácidos.

Leia mais:

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.