Agente patogênico

Mestre em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas (FIOCRUZ, 2011)
Graduada em Biologia (UGF-RJ, 1993)

Agente patogênico é um organismo, microscópico ou não, que produz infecção ou doenças infecciosas nos hospedeiros em condições favoráveis. As bactérias, protozoários, fungos, helmintos e alguns artrópodes são exemplos de agentes patogênicos. São também conhecidos como agente infeccioso ou agente etiológico. Eles provocam a doença diretamente pela sua multiplicação ou pela liberação de toxinas do seu metabolismo. O agente patogênico só causará a doença se conseguir penetrar no sistema imunológico do hospedeiro. Os agentes patogênicos podem nos contaminar de diversas formas, como por exemplo: pelo ar (doenças respiratórias), pela relação sexual (DSTs – doenças sexualmente transmissíveis), placentária (transmissão vertical).

Os agentes patogênicos mais comuns são: vírus, bactérias, fungos e protozoários.

Os vírus são os agentes patogênicos mais simples e precisam obrigatoriamente invadir as células hospedeiras para se reproduzir e realizar o seu metabolismo. São formados por DNA ou RNA. Pode causar doenças no homem (AIDS), animais (raiva) e plantas (vírus do mosaico do tabaco).

As bactérias são seres unicelulares (formadas por uma única célula). Muitas bactérias são benéficas ao ser humano, mas algumas são extremamente perigosas, podendo levar à morte. Como exemplo podemos citar as bactérias causadoras do tétano (Clostridium tetani), tuberculose (Mycobacterium tuberculosis ou Bacilo de Koch) e lepra (Mycobacterium leprae).

Os fungos são organismos unicelulares ou pluricelulares (formados por mais de uma célula) que possuem vários tipos de reprodução. O fungo Histoplasma capsulatum é o agente patogênico da histoplasmose, uma micose pulmonar adquirida principalmente após o contato com fezes de animais contaminadas (principalmente morcegos).

Os protozoários são seres unicelulares e que possuem vida parasitária. Algumas poucas dezenas causam doenças no homem. Como exemplo, podemos citar o Toxoplasma gondii, causador da toxoplasmose.

A infecção pelo agente patogênico pode ser prevenida através do uso de vacinas. E após a instalação da doença, ela pode ser combatida por medicamentos específicos.

Bibliografia:

Agente patogênico. Disponível em: http://portalcodgdh.min-saude.pt/index.php/Agente_patog%C3%A9nico

Saiba mais sobre agentes infecciosos. Disponível em: http://www.abc.med.br/p/vida-saudavel/575242/saiba+mais+sobre+os+agentes+infecciosos.htm

Neves, David Pereira. Parasitologia Humana. 11ª ed. Ed. Atheneu.

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Doenças, Microbiologia