Colesterol

O colesterol faz parte do grupo dos esteroides, onde estão os hormônios sexuais masculinos e femininos, e é um dos esteróides mais conhecidos pelo fato de causarem muitas doenças do sistema cardiovascular.

colesterolPorém o colesterol não causa apenas danos à saúde das pessoas. É claro que uma ingestão exagerada de gorduras de origem animal, onde existe uma grande quantidade de colesterol é extremamente perigoso para a saúde. Mas o corpo necessita do colesterol. Ele é fundamental para o ser humano e para os outros animais, pois o colesterol é um dos componentes das membranas celulares e é precursor dos hormônios sexuais. O colesterol é utilizado como matéria-prima para a fabricação desses componentes citados.

O colesterol pode ser adquirido de duas formas:

  1. através da ingestão de alimentos de origem animal (carne, gorduras, queijos, gema de ovo, etc.)
  2. Pode ser fabricado pelo fígado. Além de fabricá-lo, o fígado também pode destruí-lo quando em excesso.

Quando uma pessoa possui problemas no fígado esse metabolismo fica prejudicado, e associado ou não à alta ingestão de gorduras, a pessoa acaba tendo uma taxa de colesterol muito elevada.

O colesterol ingerido ou fabricado é lançado na corrente sanguínea e transportado aos diversos órgãos através de proteínas especiais presentes no sangue (HDL e LDL).

Quando está presente em excesso no sangue, o colesterol pode se depositar na parede de artérias e prejudicar a passagem de sangue até o coração. Como o sangue transporta gás oxigênio, a falta desse gás nas células musculares do coração pode causar morte do tecido e consequentemente pode levar a pessoa à morte. Essa dificuldade na passagem do sangue pela é chamada de aterosclerose.

A melhor forma de evitar esse tipo de problema é ter uma alimentação balanceada e saudável, fazer exercícios físicos e evitar o cigarro. O cigarro dificulta a destruição das moléculas de colesterol no fígado.

Leia também:

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Bioquímica, Nutrição