Adjunto Adverbial

Por Ana Paula de Araújo
ADJUNTO ADVERBIAL é a função sintática dada para os termos com valor de Advérbio que estão presentes em uma frase ou período. O adjunto adverbial é o termo da oração que serve para modificar o verbo segundo as circunstâncias da frase e o valor semântico que este possui.

Há controvérsias quanto aos tipos de adjuntos adverbiais, por parte dos gramáticos, mas elencamos aqui os principais tipos:

Adjunto adverbial de causa (porque, por causa de, devido a)

Faltou à aula por causa do trânsito.
Devido ao mau tempo, não saiu de casa.

Adjunto adverbial de condição (se, caso)

Se não estudar, ficará reprovado.
Se todos concordarem, faremos a viagem.

Adjunto adverbial de concessão (todavia, contudo, muito embora, apesar disso)

Não fui bem na prova, apesar de ter estudado.
Embora um pouco cansada, ela esbanjava simpatia.

Adjunto adverbial de dúvida (talvez, quem sabe, quiçá)

Talvez eu passe o fim de semana fora.
Quem sabe irei viajar...

Adjunto adverbial de finalidade (para que, para, por)

João não se preparou para a prova.
Fiz este sacrifício por você.

Adjunto adverbial de intensidade (muito, quanto, que, demais)

Há muito tempo não te via!
Quantas lembranças temos da nossa infância!

Adjunto adverbial de lugar (aqui, ali, lá, acolá

Passaremos a noite aqui.
Ali estão suas bagagens.

Adjunto adverbial de modo (bem, mal, intensamente, vagarosamente)

Faz bem em não querer ir com ela.
A dupla cantou muito mal.

Adjunto adverbial de tempo (hoje, amanhã, logo, cedo, tarde)

Voltarei logo.
Amanhã acordarei cedo.

Adjunto Adverbial de negação (não, jamais)

Não faça isso.
Jamais duvide de Deus.

Adjunto adverbial de afirmação (sim, com certeza)

Com certeza irei viajar.
Conheço sim o rapaz.

Adjunto adverbial de meio (pelo correio, de ônibus)

Mande a carta pelo correio.
Viajaremos de ônibus.

Adjunto adverbial de assunto (de..., sobre..., a respeito de...)

Os homem discutiam sobre futebol.
As mulheres falavam do perigo no trânsito.

Adjunto adverbial de companhia (junto com, com, na companhia de)

Irei viajar com meus irmãos.
O presidente se reuniu com o prefeito.

Adjunto adverbial de direção (para cima, abaixo)

Jogou a bola para cima.
A casa foi abaixo!

Adjunto adverbial de exclusão (menos, com exceção de, exceto)

Todos tiraram férias menos eu.
Todos os diretores viajaram, exceto um.

Adjunto adverbial de frequência (diariamente, frequentemente, mensalmente)

Visito minha mãe frequentemente.
Anualmente pago este imposto.

Adjunto adverbial de instrumento (de faca, a marteladas, com uma tesoura)

Quebrou o móvel a marteladas.
Cortou a corda com uma tesoura.

O adjunto adverbial, como podemos ver nos exemplos acima, indica a circunstância da ação verbal, podendo incidir também sobre o adjetivo ou sobre outro advérbio.

A posição do adjunto adverbial na frase é, normalmente, no final, contudo ele pode aparecer em outra posição, basta o colocarmos entre vírgulas.

Ex:

  • Marta feriu-se violentamente com uma tesoura.
  • Violentamente, Marta feriu-se com uma tesoura.
  • Com uma tesoura, Marta feriu-se violentamente.
  • Com uma tesoura, violentamente, Marta feriu-se.
  • Violentamente, com uma tesoura, Marta feriu-se.

Obviamente há preferência para o uso do adjunto adverbial no seu local padrão, ou seja, no final da frase, mas dependendo da intenção estilística, pode-se reorganizar a frase colocando-o em outras posições, como mostrado acima.

O adjunto adverbial é considerado um termo acessório da oração, ou seja, um termo que pode ser dispensado sem prejuízo na estrutura sintática da frase, mas que nem por isso deixa de ser importante, pois dependendo da mensagem a ser transmitida, ele será essencial para a compreensão da mesma.

Os outros termos acessórios são o adjunto adnominal, o aposto e o vocativo.

ADJUNTO ADVERBIAL
De afirmação Sim, com certeza, deveras etc.
De assunto Sobre política, sobre time, etc.
De causa Por necessidade etc.
De companhia Com meus irmãos etc.
De concessão Apesar etc.
De dúvida Talvez, porventura, quiçá, acaso etc.
De lugar Aqui, ali, acolá, abaixo, atrás, dentro, lá etc.
De instrumento Com a pá etc.
De intensidade Muito, pouco, *bastante, mais, tão, quão etc.
De matéria Com mármore etc.
De meio De ônibus, de carro etc.
De modo Bem, mal, devagar, depressa, palavra + mente: carinhosamente, educadamente etc.
De negação Não, em hipótese alguma etc.
De tempo Ontem, hoje, agora, cedo, tarde, breve etc.

(*) "bastante" pode ou não ser advérbio depende da frase.
Exemplos:
- Têm bastantes homens. (adjetivo)
- Corri bastante. (advérbio)

Fontes:
http://www.colegioweb.com.br/portugues/adjunto-adverbial.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Termos_acess%C3%B3rios_da_ora%C3%A7%C3%A3o
http://www.soportugues.com.br/secoes/sint/sint19.php
http://pt.wikibooks.org/wiki/Portugu%C3%AAs/Termos_acess%C3%B3rios/Adjunto_adverbial
http://www.gramaticaonline.com.br/texto/926/adjunto_adverbial