Impactos ambientais das erupções vulcânicas

Licenciada em Geografia (UFG, 2003)

Os vulcões são responsáveis por espetáculos únicos que a natureza nos oferece. No entanto, seus impactos destrutivos nas vidas humanas e no meio ambiente também guardam semelhante proporção. Todos os anos as erupções vulcânicas provocam, de forma direta ou indireta, mortes de pessoas e animais, desaloja milhares de famílias e causa impactos no meio natural e nas aglomerações humanas.

Quando um vulcão entra em erupção, ele expele além do magma (lava vulcânica), o piroclasto ou material piroclástico, que são as partículas sólidas lançadas no ar e na superfície. Esse material pode ter de alguns centésimos de milímetros até alguns centímetros. Ou seja, de pó até rochas.

Cinzas vulcânicas

Casa destruída pelas cinzas vulcânicas do Vulcão Merapi, Indonésia, em 2006. Foto: Dewi Putra / Shutterstock.com

Quanto mais fino o piroclasto, maior a sua capacidade de ser levado pelo ar há grandes distâncias. Há registros de cinzas de vulcão que chegaram a áreas há milhares de quilômetros do local da erupção. Por si só, esta é uma circunstância que amplia a dimensão dos impactos causados pelas erupções vulcânicas.

Não bastasse o grande alcance das cinzas vulcânicas, ainda há um agravante nas características do material. As cinzas vulcânicas são muito distintas das produzidas pela queima de material orgânico como folhas ou madeira. Elas são duras, abrasivas e não se dissolvem na água. Essas propriedades podem causar ainda mais complicações para os seres humanos. Como a redução da visibilidade nas vias terrestres e aéreas de meios de transporte. Além de provocar danos aos veículos, trens e aeronaves.

As nuvens de cinzas vulcânicas, em algumas situações provocam também trovões e raios. Esses fenômenos, no entanto, ainda dividem os cientistas acerca de seu mecanismo de formação e atuação.

Impactos ambientais

Os gases e cinzas lançadas nas erupções vulcânicas podem gerar impactos na qualidade do ar e interferir na temperatura.

Podem poluir o ar, por vários dias ou até meses, causando perturbações ao tráfego aéreo, como ocorreu em 2010, quando um vulcão entrou em erupção na Islândia e suas cinzas viajaram até o continente europeu. Foi necessário fechar o espaço aéreo e à época milhares de voos foram cancelados, causando impacto na circulação de pessoas a nível mundial.

A lava expelida pelos vulcões, combinado ao material piroclástico, pode causar danos e contaminação do solo. Que uma vez recoberto por tais materiais, pode perder temporariamente sua capacidade de uso na agricultura e pecuária.

A poluição das águas por esses materiais pode causar uma ramificação de outros problemas, como o desabastecimento de cidades, a falta de água para a agricultura, a mortandade de peixes e animais que bebem da água contaminada.

Quando o vulcão entra em erupção pode haver liberação de gases que podem agravar o efeito estufa, uma vez que as partículas em suspensão formam uma barreira para o retorno da radiação solar para as camadas mais altas da atmosfera. Assim, provocando o aumento da temperatura nos locais afetados.

Entre os gases vulcânicos e as cinzas liberadas pelos vulcões, há também a emissão de enxofre. O enxofre quando se conecta às moléculas de água, pode-se transformar em ácido sulfúrico, que se precipitado na superfície terrestre pode gerar danos como a chuva ácida. Esse fenômeno é capaz de provocar impactos na agricultura, corrosão dos veículos e danos à saúde das pessoas.

A depender da quantidade de material lançado pela erupção, e alcance dos gases e cinzas expelidas, grandes áreas podem ser impactadas, e provocar perdas de vidas e propriedades. As plantações ou vegetação que são atingidas por grandes volumes de material podem definhar, assim como podem morrer animais na área atingida.

Impacto positivo?

No entanto, não apenas impactos negativos estão associados às erupções vulcânicas. Em algumas áreas, os seres humanos aprenderam a lidar com um aspecto positivo das erupções vulcânicas. Em regiões próximas há vulcões ativos, os agricultores aproveitam a fertilização da terra provocada pelas cinzas depositadas no solo. As cinzas podem funcionar como fertilizante, pois contêm alguns elementos, que podem ser positivos a alguns tipos de solo.

Leia também:

Fontes:

https://earthdata.nasa.gov/learn/sensing-our-planet/volcanoes-and-climate-change&prev=search

https://history.aip.org/climate/aerosol.htm&prev=search

Arquivado em: Meio Ambiente