Questões da prova Unespar 2015

Selecionamos as questões mais relevantes da prova de vestibular Unespar 2015. Confira!
* Obs.: a ordem e número das questões aqui não são iguais às da prova original.

Questão 51:

As formações do relevo são consequências do que entendemos como ações resultantes de energia do interior do planeta que se manifesta pela dinâmica ou tectônica de placas, ou forças endógenas, ou também, de agentes exógenos por intermédio da associação do clima presente na área, manifestado pelas chuvas geleiras e ventos que dão forma escultural ao relevo através do processo erosivo. O relevo brasileiro, que tem sua origem muito antiga, é resultado da sucessão de vários ciclos climáticos juntamente com a ação de forças internas do planeta, o que resultou em três tipos distintos de relevo: planaltos, planícies e depressões. Podemos considerar, respectivamente então que:


Questão 52:

De acordo com o economista austríaco Joseph Schumpeter (1883-1950), a indústria evolui por meio da destruição criadora. Quando um conjunto de novas tecnologias encontra aplicação produtiva, as tecnologias tradicionais são abandonadas.

Com os conhecimentos sobre o processo de industrialização da sociedade, e a análise do infográfico a seguir sobre os ciclos ou ondas de inovação de Schumpeter, assinale a alternativa correta:

I. Durante a Segunda Onda de Inovação Tecnológica, a eletricidade tornou-se a fonte de energia das fábricas. Com isso, os motores elétricos e com eles a linha de montagem propiciaram um salto extraordinário na produtividade do trabalho.
II. Já na Primeira Revolução Industrial, a indústria eletrônica criou centenas de novos produtos e conferiu mais um impulso á produção automobilística. Neste período, o desenvolvimento da petroquímica gerou a indústria de plásticos e fibras sintéticas.
III. No século XVIII, a máquina de fiar e o tear hidráulico possibilitaram a mecanização do setor têxtil. Ao lado da indústria têxtil, a utilização do carvão mineral em altos-fornos inaugurou a siderurgia moderna e possibilitou a modernização da fundição de ferro.
IV. A partir da utilização do carvão como força motriz, no século XIX, a máquina a vapor substituiu largamente, na Inglaterra, o tear hidráulico. As ferrovias e os barcos a vapor “encurtaram” distâncias, reduzindo os custos de deslocamento de matérias-primas e alimentos. Ocorreu um grande salto tecnológico na siderurgia e as cidades industriais típicas deste período, na Inglaterra e na Alemanha localizavam-se próximas as bacias carboníferas.
V. No final do Século XX e agora no Século XXI, o desenvolvimento da informática, com as redes digitais e as novas mídias, tem dificultado a expansão e desenvolvimento do setor industrial, que caminha mais lentamente e tem se concentrado somente nas grandes metrópoles, principalmente dos países desenvolvidos.

Agora, assinale a alternativa correta:


Questão 53:

A agricultura familiar ganha cada vez mais importância no mundo. O ano de 2014 foi considerado pela Organização das Nações Unidas como o Ano Internacional da Agricultura Familiar (AIAF), fruto da iniciativa de movimentos sociais do campo com apoio de vários governos, inclusive do Brasil.

Considerando a agricultura familiar no Brasil, é correto afirmar que:


Questão 54:

O balanço energético mundial mostra a participação dos principais recursos energéticos no consumo mundial como pode ser visualizado no gráfico a seguir:

Considerando a produção e o consumo de energia, assinale a alternativa correta:


Questão 55:

A produção da cana de açúcar no Brasil colonial:

I. Tinha como base mão de obra escrava, era destinada, sobretudo, ao mercado interno e realizada em latifúndios.
II. Propiciou uma colonização urbana, marcada pela mobilidade social e dominada pelos senhores de engenho.
III. Foi marcada por uma sociedade patriarcal, escravocrata e permeada de religiosidades.
IV. Tinha como unidade básica o engenho, no qual se situavam, entre outros elementos, a casa-grande, a senzala, o moinho, uma capela e a produção de gêneros de primeira necessidade.


Questão 56:

Os Estados modernos europeus adotaram, entre os séculos XVI e XVIII, um conjunto de práticas políticas chamadas de Absolutismo, que foi a forma de poder dominante em muitos Estados modernos da Europa. É característica do Absolutismo monárquico:


Questão 57:

A Revolução Francesa, impulsionada pelas ideias iluministas, é considerado um dos mais importantes movimentos revolucionários do mundo ocidental.

É correto afirmar sobre a Revolução Francesa que:


Questão 58:

Entre 1808 e 1822, o Brasil passou de colônia a país independente. Sobre este período, escolha a alternativa INCORRETA.


Questão 59:

Foram inúmeras as reivindicações da população junto ao Império para a elevação do Paraná à condição de Província. No entanto, essa reivindicação não agradava o governo da Província de São Paulo. A primeira tentativa de emancipação ocorreu em 1821, em Paranaguá, e ficou conhecida como Conjura Separatista; e outra tentativa de emancipação se deu por volta de 1835 a 1845, quando ocorreu na Província do Rio Grande do Sul a chamada Revolução Farroupilha. Porém, a emancipação efetivou-se:


Questão 60:

“Essa repartição do mundo entre um pequeno número de Estados, [chamada de A era dos impérios], foi a expressão mais espetacular da crescente divisão do planeta em fortes e fracos, em ‘avançados’ e ‘atrasados’ que já observamos. Foi também notavelmente nova. Entre 1876 e 1915, cerca de um quarto da superfície continental do globo foi distribuído ou redistribuído, como colônia, entre meia dúzia de Estados. A Grã-Bretanha aumentou seus territórios em cerca de dez milhões de quilômetros quadrados, a França em cerca de nove, a Alemanha conquistou mais de dois milhões e meio, a Bélgica e a Itália pouco menos que essa extensão cada uma [...].
Eric Hobsbawm. A era dos impérios. Rio de Janeiro: Paz e Terra: 1998. p.91.

Com base no texto e nos conhecimentos sobre o imperialismo, indique a afirmativa correta.

I. Motivados pelo desenvolvimento industrial no século XIX, os governos europeus buscaram expandir seus domínios territoriais e aumentar a aquisição de matérias-primas. Com isso, iniciaram uma acirrada disputa por territórios.
II. A conquista imperialista foi realizada com grande violência, causando a morte de milhares de nativos das nações dominadas. Além disso, desestruturo a sociedade e a cultura de diversos povos, que ainda hoje sofrem as consequências da dominação imperialista.
III. Os povos da África, Ásia e Oceania não resistiram à invasão de seus territórios e à dominação estrangeira, pois não tinham força militar e logo perceberam que seriam beneficiados com a entrada de todo aparato estatal estrangeiro.


Páginas: 1 2 3 4 5 [6] 7 8 9 10 11 12 13 14 15