Geografia do Ártico

Especialista em Geografia do Brasil (Faculdades Integradas de Jacarepaguá, RJ)
Mestre em Educação (Estácio de Sá, 2016)
Graduado em Geografia (Simonsen, 2010)

Ao falarmos do Ártico estamos falando da região do polo norte, que ao contrário do polo sul, não possui um continente próprio, sendo apenas um oceano congelado (Oceano Glacial Ártico), cercado por 3 continentes (Europa, Ásia e a América do Norte).

Mapa do Ártico. Fonte: US State Department.

O nome Ártico tem origem na palavra Árktos, que significa Ursa, sendo referência a duas constelações presentes na parte mais setentrional do planeta: a Ursa Maior e a Ursa Menor (nesta última está a estrela polar).

Porém, apesar de ser uma referência astronômica, o nome Ártico pode servir de referência para os mais famosos animais desta região: urso polar. É bem verdade que mesmo não sendo um continente, e mesmo tendo um clima tão severo quanto o clima frio polar ártico, existem sim animais vivendo no Ártico, inclusive animais terrestres como o urso. Há também focas residindo no ártico e alguns poucos peixes e outros animais marinhos, dada a dificuldade de sobreviver em um ambiente tão inóspito.

Além do frio, outro fator que dificulta a vida no ártico são as latitudes extremas, tal como na Antártica, em que de forma quase ininterrupta, durante seis meses há uma noite/inverno (escura e extremamente fria) nos outros seis meses do ano há um dia/verão (com claridade e clima menos rigoroso). Inclusive sendo um atrativo para os turistas o famoso “sol da meia-noite”, já que as madrugadas ainda contam com a presença do sol dada a inclinação do eixo da Terra e ao movimento de translação que colocam ora um polo da Terra e ora outro mais próximo do sol ao longo do ano.

Da palavra ártico derivou o nome dado ao continente que está no polo sul, a Antártica (Anti-Ártica, oposta ao Ártico), porém, muito diferente dela, mesmo não sendo um continente e sim um oceano congelado com algumas ilhas e que se estende até as terras de outros três continentes, o Ártico é habitado por diversos povos como os famosos inuits (que significa povo em seu idioma), mais conhecidos pelo pejorativo termo de esquimós (algo como comedores de carne crua).

Em termos de problemas ambientais, sofrem com exatamente o mesmo problema ambiental do polo sul: o aquecimento global, causado pelo aumento do efeito estufa em função do aumento da poluição atmosférica. O aquecimento global causa o derretimento das calotas polares, aumentando o nível das águas dos demais oceanos.

Mapa mostra a diminuição da calota de gelo do polo norte. A imagem mostra a área ocupada pela geleira (em branco) em setembro de 2015. A linha amarela marca a média da extensão da geleira de 1981 a 2010. Fonte: NASA

As atividades econômicas realizadas no ártico são basicamente extrativistas e muitas causam grande impacto ambiental. Seja a caças de focas, baleias e ursos, seja o tráfego constante de navios petroleiros que eventualmente sofrem avarias por conta do gelo e acabam despejando óleo no mar.

Referências:
https://veja.abril.com.br/blog/sobre-palavras/uma-duvida-quente-antartida-ou-antartica/

https://escola.britannica.com.br/levels/fundamental/article/oceano-%C3%81rtico/480651

http://www.canadainternational.gc.ca/brazil-bresil/about_a-propos/inuit.aspx?lang=por

Arquivado em: Geografia