Tecido Cartilaginoso

Por Débora Carvalho Meldau
O tecido cartilaginoso é uma espécie de tecido conjuntivo que possui consistência rígida. Sua função é a de sustentação dos tecidos moles, revestir superfícies de articulações, minimizando os choques nestas, além de auxiliar no deslizamento dos ossos das articulações. Na vida intra-uterina e após o nascimento, este tecido é fundamental para a formação e crescimento dos ossos longos.

Este tecido é formado por células, chamadas de condrócitos (que se localizam em lacunas e são responsáveis por secretar colágeno, proteoglicanas e glicoproteínas) e por um abundante material extracelular. A função deste tecido vai depender da composição dele. Pode ser constituída de colágeno, ou colágeno mais elastina, juntamente com macromoléculas de proteoglicanas, ácido hialurônico e variadas glicoproteínas. Este tecido é nutrido pelos capilares do pericôndrio (tecido conjuntivo que envolve o cartilaginoso), já que não possui vascularização, bem como nervos e vasos linfáticos. Já as cartilagens que revestem os ossos das articulações móveis não possuem o pericôndrio, sendo assim recebem nutrientes do líquido sinovial presente nas cavidades articulares. Há casos, onde vasos sanguíneos atravessam a cartilagem para irem nutrir outros tecidos.

De acordo com a necessidade do organismo, ocorre a diferenciação das cartilagens em três tipos:

  • Cartilagem hialina: é a mais comum no organismo e sua matriz possui fibrilas delicadas de colágenos tipo II. É responsável por formar o primeiro esqueleto do embrião, presente entre a diáfise e a epífise de ossos longos, sendo responsável pelo crescimento do osso em extensão. Nos adultos, ela está presente na traquéia, na parede das fossas nasais, brônquios e extremidades das costelas e recobrindo as superfícies articulares dos ossos longos.
  • Cartilagem elástica: possui escassas fibrilas de colágeno tipo II e um grande número de fibras elásticas. É encontrada no pavilhão auditivo, no conduto auditivo externo, na trompa de Eustáquio, na epiglote e na cartilagem cuneiforme da laringe.
  • Cartilagem fibrosa: possui matriz formada por fibras de colágeno tipo I. Este tipo de cartilagem é encontrada nos discos intervertebrais, nos pontos de inserção de alguns tendões e ligamentos e na sínfise pubiana.

Fontes:
http://bioinfo-aula.blogspot.com/2009/06/tecido-cartilaginoso.html
http://www.virtual.epm.br/material/histologia/histo/fig22.htm
http://www.icb.usp.br/mol/6-1-tec-cartilaginoso.html

Histologia Básica – Luiz C. Junqueira e José Carneiro. Editora Guanabara Koogan S.A. (10° Ed), 2004.