Características da República Velha

Por Cristiana Gomes
O período da nossa história que vai da Proclamação da República (15/11/1889) até a ascensão de Getúlio Vargas em 1930 é chamado de República Velha.

Durante a República Velha tivemos 13 presidentes:

  1. Deodoro da Fonseca
  2. Floriano Peixoto
  3. Prudente de Morais
  4. Campos Sales
  5. Rodrigues Alves
  6. Afonso Pena
  7. Nilo Peçanha
  8. Hermes da Fonseca
  9. Venceslau Brás
  10. Delfim Moreira
  11. Epitácio Pessoa
  12. Artur Bernardes
  13. Washington Luís

Com a saída de Floriano Peixoto começou a República do Café-com-Leite. A maioria dos presidentes desta época eram de MG e SP. Estes 2 estados eram os mais ricos da nação e os presidentes, oriundos das elites mineiras e paulistas, acabavam favorecendo sempre o setor agrícola, principalmente do café (paulista) e o leite (mineiro). Daí o nome República do Café-com-Leite. Aliás, a Rep. do Café- com-Leite foi uma das características da República Velha. Ao favorecer a região sudeste, as outras regiões acabaram sendo abandonadas. A política do Café-com- Leite sofreu críticas de empresários ligados à indústria (área que estava se expandindo naquele período).

A República Velha divide-se em 2 períodos:

1º) República da Espada: tem esse nome, pois foi o momento histórico em que o Brasil foi governado por 2 militares: Mal. Deodoro da Fonseca e Mal. Floriano Peixoto.

2º) República das Oligarquias: período que vai da eleição de Prudente de Morais até a Revolução de 1930 (liderada por Getúlio Vargas). Período caracterizado pela supremacia política das oligarquias estaduais (donos de terras principalmente).

Bibliografia:
KOSHIBA, Luiz, PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil. São Paulo. Ed. Atual, 1996.
SILVA, Francisco de Assis, BASTOS, Pedro Ivo de Assis. História do Brasil. São Paulo. Ed. Moderna
Almanaque Abril 1991