Clima da Bahia

Mestre em Ciências Humanas (PUC-RJ, 2016)
Graduado em Geografia (UFF, 2009)

O clima predominante no território do Estado da Bahia é o Semiárido que apresenta, dentre suas características, irregularidade na distribuição pluviométrica durante o ano (média pluviométrica anual local entre 400 a 650 mm), ocorrendo de forma irregular e concentrada em 2 a 3 meses do ano, podendo ocorrer chuvas intensas (120 a 130 mm) num período de 24 horas. Outra característica desse clima é a ausência de uma estação chuvosa definida. A temperatura média anual gira em torno de 24ºC (máxima 29,2ºC e mínima de 20,2ºC) e déficit hídrico entre -20 a -40%. Os riscos de estiagem no território são elevados, fazendo com que 100% de sua área esteja inserida no Polígono das Secas. Em função das características de clima e temperatura, associadas à localização geográfica intertropical e a limpidez atmosférica na maior parte do ano, a evapotranspiração potencial é muito alta, sendo da ordem de 3.000 mm anuais. Também é alta a insolação e baixa a umidade relativa do ar. O período seco é predominante, com cerca de 6 a 8 meses, podendo atingir até 11 meses nas áreas de maior aridez. É importante ressaltar que a há diferenças nos conceitos de clima e de tempo meteorológico. Assim, o tempo é uma combinação passageira da atmosfera, já o clima resulta de condições que perduram por um período mais longo. O tempo é uma combinação transitória, concreta, de comportamentos dos elementos, caracterizando um estado atmosférico momentâneo (CONTI & FURLAN, 1996). O clima, segundo MARTINELLI (2010) é a série de estados da atmosfera acima de um lugar em sua sucessão habitual.

Apesar da predominância do clima Semiárido podemos observar dentro do Estado da Bahia a presença de 3 tipos de clima, que são:

  • clima quente e úmido sem estação seca
  • clima quente e úmido com estação seca de inverno
  • clima semiárido

O clima quente e úmido domina ao longo do litoral, com temperaturas médias anuais de cerca de 23°C e totais pluviométricos superiores a 1.500 mm. O clima quente e úmido com estação seca de inverno caracteriza todo o interior, com exceção da parte setentrional e do vale do São Francisco. Este tipo de clima apresenta temperaturas médias anuais que variam entre 18° C nas áreas mais elevadas e 22°C nas áreas mais baixas, e totais pluviométricos equivalentes a mil milímetros. O clima Semiárido é encontrado no norte do estado e no vale do São Francisco. As temperaturas médias anuais superam 24° C e mesmo 26° C, mas a pluviosidade é inferior a 700 mm.

O clima seco predominante na maior parte do interior do Estado da Bahia (região semiárida) e a baixa precipitação pluviométrica explicam porque essa região apresenta um menor nível de desenvolvimento do que as demais regiões do Estado, como o Litoral e o Oeste da Bahia. A barreira representada pelo clima adverso e pela escassez de chuvas na região semiárida ao processo de desenvolvimento e social poderia ser superada com a adoção de políticas públicas apropriadas de combate à seca, fato esse que não ocorreu até o presente momento (ALCOFORADO, 2003)

Referencias:

ALCOFORADO, F. Os Condicionantes do Desenvolvimento do Estado da Bahia. 2003. Tese (Doutorado em Planificacíon Territorial y Desarrollo Regional) Universidade de Barcelona. Disponível em: http://www.tdx.cat/bitstream/handle/10803/1944/6.TERRITORIO_SOCIEDADE_ESTADO_BAHIA.pdf?sequence=1. Acesso em 02 de fevereiro de 2018.

CONTI, J.B. e FURLAN, S.A. Geoecologia. O clima, os solos e a biota. In: ROSS, J. L. S. Geografia do Brasil. São Paulo: Edusp, 1996.

MARTINELLI, M. Clima do Estado de São Paulo. Confins Online, 2010. Disponível em: http://journals.openedition.org/confins/6348. Acesso em 28 de dezembro de 2017.

Arquivado em: Bahia, Clima