Mar Negro

Por Emerson Santiago
Recebe o nome de mar Negro o mar interior situado entre a região mais a sudeste da Europa e as bordas extremo oeste do continente asiático. Excluindo seu braço norte, o Mar de Azov, o Mar Negro ocupa cerca de 436.400 km², uma área semelhante à dos estados de São Paulo e Paraná combinados.

Há várias teorias sobre a origem de seu nome, sendo que a denominação Negro passa a ser a mais famosa, que se acredita foi dada pelos turcos em tempos medievais. Seu nome talvez possa ser derivado de algumas de suas peculiaridades, como a de o nível de sua água permanecer sempre o mesmo. Devido à ausência de marés altas ou baixas, não há flutuação do nível, tornando-se um mar calmo, tranquilo e sereno na superfície. Outro fato intrigante é que os mortos parecem "resistir" às águas do Mar Negro: restos de navios, seres humanos e outros materiais perecíveis como cordas, madeira etc ainda podem ser encontrados no leito do mar, centenas de anos após a sua entrada naquelas águas. A explicação científica para isso é que, devido à natureza anóxica das camadas inferiores de água do mar (água desprovida de oxigênio dissolvido), o processo de decomposição é extremamente lento, explicando assim tal aspecto bizarro.

O mar Negro está limitado pelo sudeste do continente europeu, a península da Anatólia e o Cáucaso. Ele é conectado com o mar Mediterrâneo através do estreito de Bósforo, o mar de Mármara e o estreito de Dardanelos. O mar Negro se liga ao oceano Atlântico através dos mares Mediterrâneo e Egeu e de vários estreitos. O Estreito de Bósforo o liga ao mar de Mármara, e o estreito de Dardanelos conecta esse mar à região do Mar Egeu do Mediterrâneo, formando assim uma fronteira natural entre a Europa oriental e a Ásia ocidental. O mar Negro está ligado ainda ao mar de Azov pelo estreito de Kerch.

Este grande mar interior demarca ainda o litoral de seis países: Romênia e Bulgária a oeste, Ucrânia, Rússia e Geórgia ao norte e leste, e Turquia, a sul. Além disso, sua configuração é influenciada pelas águas de rios vindas de outras dez nações através dos cinco principais rios que desembocam no mar Negro, o maior dos quais é o rio Danúbio.

Ao longo dos tempos, o mar Negro tem sido de fundamental importância para o comércio e transporte regional. Hoje, este corpo d'água serve como uma via principal para o transporte de energia para a Europa, proveniente da Rússia e da Ásia ocidental, fazendo do mar Negro uma importante commodity. Ele é ainda uma das mais movimentadas vias do mundo, e em 2005 mais de 55.000 navios, incluindo quase 6.000 petroleiros passaram pelo Estreito de Bósforo, na sua maioria petroleiros russos.

Bibliografia:
SINGLA, Smita. 8 Amazing Facts about the Black Sea (em inglês). Disponível em: < http://www.marineinsight.com/marine/8-amazing-facts-about-the-black-sea/ >. Acesso em: 13 out. 2012.
Black Sea (em inglês). Disponível em: <http://www.worldatlas.com/aatlas/infopage/blacksea.htm >. Acesso em: 13 out. 2012.
Mapa: https://www.mtholyoke.edu/courses/sfjones/empire%20web/classweb/stephenj/terrain/seas.html