Química Inorgânica

Por Júlio César Lima Lira
A química inorgânica é o ramo da química que baseia seus estudos em compostos que não possuem cadeia carbônica ligada a átomos de hidrogênio. Sendo dividida em alguns grupos principais: óxidos, sais, bases e ácidos (estes dois últimos, seguindo a teoria de Arrhenius).

Os óxidos e sais são, por vezes, os alvos principais da química inorgânica (uma vez que estão presentes em minérios, donde metais são extraídos). Os ácidos e as bases são, também, bastante pesquisados por apresentarem ampla serventia industrial e serem indispensáveis no cotidiano.

Óxidos

Óxido de Cálcio (Cal)

Os óxidos sempre são compostos binários (ou combinações deles, como o FeO + Fe2O3 = Fe3O4) formados por oxigênio e outro elemento da tabela que seja menos eletronegativo (o composto OF2, por exemplo, não é um óxido – uma vez que o flúor é o mais eletronegativo).

Podem ser classificados como ácidos (se o cátion for um ametal, como: cloro, fósforo, enxofre), básicos (se o cátion for metálico: bário, cálcio, magnésio), anfóteros (ligados a semimetais ou metais de transição: ferro, zinco, estanho), ou neutros (óxidos gasosos de nitrogênio ou carbono, por exemplo).

Os óxidos ácidos reagem com bases formando um sal e água, porém se for um óxido misto (ou duplo), forma dois sais; óxidos básicos reagem com ácidos formando também um sal e água; os anfóteros reagem tanto com ácidos quanto com bases; e os neutros não reagem com nenhuma dessas duas espécies químicas.

Sais

 

Bicarbonato de Sódio

Um sal é um composto químico que possui ao menos um cátion diferente de H+ e um ânion diferente de OH-. São sólidos (devido à atração eletrostática ser muito forte na ligação iônica) e, em meio aquoso ou fundidos, conduzem corrente elétrica.

Ao contrário dos óxidos, os sais podem ser compostos binários ou não. Assim, a maioria dos ânions orgânicos pode formar sais (como o CH3COONa – acetato de sódio).

São classificados como ácidos (provenientes de uma neutralização parcial de um ácido, como: NaHSO4), básicos (provenientes de uma neutralização parcial de uma base, como: Fe(OH)SO4), ou neutros (provenientes de uma neutralização total, como: NaCl).

Ácidos e Bases

Segundo a Teoria de Arrhenius, os ácidos são substâncias que liberam íons H+ (diminuindo o pH) em solução aquosa, e as bases, OH- (diminuindo o pOH). De forma que, quantidades estequiometricamente iguais de ácidos e bases de mesma força neutralizam-se totalmente formando sais e moléculas de água líquida.