Datas Comemorativas em Maio

Ouça este artigo:

Principais datas comemorativas do mês de maio:

  • Dia das Mães
  • Dia da Ascensão do Senhor
  • Dia de Pentecostes
  • Dia Internacional do Trabalhador – 1º de maio
  • Dia da Abolição da Escravatura – 13 de maio
  • Dia de Nossa Senhora de Fátima – 13 de maio

Dia das Mães

O Dia das Mães no Brasil é comemorado no segundo domingo do mês de maio, tendo sido celebrado pela primeira vez em 1918, em Porto Alegre. A celebração foi oficializada no país em 1932, pelo então presidente Getúlio Vargas. Foi nessa época que as mulheres começaram a ter seus direitos civis ampliados, como o direito ao voto, e Vargas buscava conquistar uma parte do público feminino. A data se fortaleceu durante o regime militar – 1964 a 1985 –, que buscava uma valorização da família e da mulher como pessoa dedicada aos filhos e marido.

Países da antiguidade, como a Grécia Antiga, já costumavam celebrar as mães, porém, o dia das mães como conhecemos hoje tem origem nos Estados Unidos, idealizado por Anna Jarvis, americana que ficou deprimida após a morte de sua mãe. Jarvis militou por uma data que celebrasse o sentimento materno, unindo as famílias em torno de suas progenitoras. Em 1914, o Congresso dos Estados Unidos decidiu oficializar o segundo domingo de maio como sendo o Dia das Mães. Tanto no Brasil, quanto nos Estados Unidos, o Dia das Mães é a segunda data mais importante para o comércio, ficando atrás apenas do Natal.

Para a Igreja Católica, maio é o mês de Maria, mãe de Jesus. Dessa forma, por associação, o dia das mães acabou sendo incorporado pela religião em 1947.

Dia da Ascensão do Senhor

A Ascensão do Senhor trata-se da elevação de Jesus Cristo ao céu no quadragésimo dia após sua ressurreição, sendo celebrada pelos cristãos sempre em uma quinta-feira. Nos quarenta dias entre a sua ressurreição e a sua ascensão, Jesus teria dado seus últimos ensinamentos aos seus discípulos. Segundo o Novo Testamento a ascensão teria ocorrido no Monte das Oliveiras, em Jerusalém, com a presença de onze discípulos. No local, hoje sagrado para os cristãos, várias igrejas já foram construídas, destruídas e reconstruídas. O episódio é considerado um dos cinco grandes eventos da vida de Jesus, sendo os demais o batismo, a transfiguração, a crucificação e a ressurreição.

Dia de Pentecostes

Pentecostes é uma celebração que ocorre 50 dias após o domingo de Páscoa e 10 dias após a Ascensão do Senhor. A data lembra a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos de Jesus, Maria e outros seguidores. O domingo de pentecostes é o último dia da Festa do Divino Espírito Santo, festa católica popular no Brasil. No primeiro domingo após o pentecostes comemora-se o Domingo da Santíssima Trindade que celebra o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Os povos hebreus também celebram o pentecostes, entretanto, com um significado diferente: historicamente a data tem relação com festival de celebração à colheita, principalmente do trigo e da cevada, conhecida por Shavuot, que também comemora a entrega dos Dez Mandamentos no Monte Sinai, 50 dias após o êxodo. A palavra Pentecostes vem do grego pentēkostḗ, que significa “quinquagésimo”. Por conta disso, a mesma palavra representa celebrações diferentes e de religiões deferentes.

1º de maio: Dia Internacional do Trabalhador (Feriado Nacional)

No dia 1º de maio de 1886, uma grande greve de trabalhadores ocorreu na cidade de Chicago, nos Estados Unidos. Os grevistas buscavam melhores condições de trabalho, principalmente a redução de jornada, que chegava a 17 horas diárias. Essa greve inspirou diversas outras manifestações de trabalhadores, tanto nos Estados Unidos, como em outros países. Alguns anos depois, em 1º de maio de 1891, dez trabalhadores morreram em uma manifestação na França após conflito com a polícia, o que marcou ainda mais o dia como uma data de luta trabalhista.

Após muitos anos de protestos, algumas conquistas foram sendo adquiridas: em 1890 os Estados Unidos estipularam o limite de 8 horas diárias de trabalho e em 1919 a França fez o mesmo – este país ainda tornou feriado o dia 1º de maio. Outros países seguiram na mesma linha e também limitaram o número de horas diárias trabalhadas.

No Brasil, o 1º de maio tornou-se feriado nacional em 1925. Durante o governo de Getúlio Vargas, a data, originalmente de luta operária, foi sutilmente transformada em uma celebração ao trabalho, trazendo certa confusão ao seu real significado e que permanece até os dias atuais no país.

13 de maio: Dia da Abolição da Escravatura

A abolição da escravatura no Brasil ocorreu oficialmente em 13 de maio de 1888, com a assinatura da Lei Áurea (Lei nº 3.353) pela Princesa Isabel, que exercia a regência na ausência de seu pai, D. Pedro II. A Lei Áurea foi precedida de outras leis com grande importância no fim da escravidão: a Lei Eusébio de Queirós, de 04 de setembro de 1850, proibiu a entrada de novos escravos no Brasil; a Lei do Ventre Livre, de 28 de setembro de 1871, libertou todas as crianças que viessem a nascer de mães escravas; e a Lei dos Sexagenários, de 28 de setembro de 1885, tornou livre todos os escravos com sessenta anos de idade ou mais.

No contexto histórico, a abolição se deu em um momento de grande instabilidade do império brasileiro. Muitas eram as rebeliões e manifestações pela libertação e algumas negociações entre senhores e escravos sobre o pagamento de salários, autonomia e liberdade começaram a ocorrer. A escravidão vinha perdendo a legitimidade e o Império não viu outro caminho além da lei de libertação. A Lei Áurea desagradou os proprietários rurais da época, que possuíam fortunas em posse de escravos e viram seus "bens" serem-lhes tirados sem pagamento de indenização, apesar de terem recebido o título de barões. Isso fez com que rompessem com o Império a aderissem à causa republicana. Dessa forma, a monarquia brasileira chegava perto de seu fim.

O Brasil foi o último país independente da América Latina e do Ocidente a abolir completamente a escravidão e o dia 13 de maio foi considerado feriado oficial de 1890 a 1930, quando então foi revogado por Getúlio Vargas.

13 de maio: Dia de Nossa Senhora de Fátima

Nossa Senhora de Fátima, ou Nossa Senhora do Rosário de Fátima, é uma das denominações dadas à Virgem Maria. Tem sua origem em 13 de maio de 1917, na cidade de Fátima, onde três crianças portuguesas – conhecidas como Os Três Pastorinhos – afirmaram ter visto aparições do Anjo da Paz e de Virgem Maria. De acordo com seus relatos, na última ocorrência a aparição teria se identificado como "a Senhora do Rosário". A mensagem transmitida aos pastorinhos era de insistência na conversão, penitência e oração. Hoje, o Santuário de Fátima, localizado na cidade de mesmo nome, em Portugal, é o principal local de devoção à Nossa Senhora de Fátima, sendo o mais importante centro de peregrinação cristã do país.

Outras Datas Comemorativas em Maio

  • 01 de maio: Dia da Literatura Brasileira
  • 02 de maio: Dia do Taquígrafo
  • 02 de maio: Dia Nacional do Ex-combatente
  • 03 de maio: Dia Mundial da Liberdade de Imprensa
  • 03 de maio: Dia do Sertanejo
  • 03 de maio: Dia do Parlamento
  • 03 de maio: Dia do Pau-Brasil
  • 05 de maio: Dia do Artista Pintor
  • 05 de maio: Dia de Marechal Rondon
  • 05 de maio: Dia Nacional do Expedicionário
  • 05 de maio: Dia Internacional da Parteira
  • 06 de maio: Dia do Cartógrafo
  • 06 de maio: Dia da Matemática
  • 06 de maio: Dia da Coragem
  • 06 de maio: Dia do Psicanalista
  • 07 de maio: Dia do Oftalmologista
  • 07 de maio: Dia do Silêncio
  • 08 de maio: Dia Nacional do Turismo
  • 08 de maio: Dia de Profissional de Marketing
  • 08 de maio: Dia da Vitória
  • 08 de maio: Dia do Artista Plástico
  • 10 de maio: Dia da Cavalaria
  • 10 de maio: Dia do Campo
  • 10 de maio: Dia do Guia de Turismo
  • 11 de maio: Dia da Integração do Telégrafo no Brasil
  • 11 de maio: Dia Nacional do Reggae
  • 12 de maio: Dia Mundial do Enfermeiro
  • 12 de maio: Dia do Engenheiro Militar
  • 13 de maio: Dia da Fraternidade Brasileira
  • 13 de maio: Dia do Automóvel
  • 13 de maio: Dia do Zootecnista
  • 15 de maio: Dia Internacional das Famílias
  • 15 de maio: Dia do Assistente Social
  • 15 de maio: Dia do Gerente Bancário
  • 16 de maio: Dia Internacional da Luz
  • 16 de maio: Dia do Gari
  • 17 de maio: Dia Internacional da Comunicação e das Telecomunicações
  • 17 de maio: Dia Internacional Contra a Homofobia
  • 18 de maio: Dia Internacional dos Museus
  • 18 de maio: Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
  • 18 de maio: Dia Nacional da Luta Antimanicomial
  • 19 de maio: Dia do Físico
  • 19 de maio: Dia do Defensor Público
  • 19 de maio: Dia Nacional de Combate à Cefaleia
  • 19 de maio: Dia de São Crispim de Viterbo
  • 20 de maio: Dia Mundial da Abelha
  • 20 de maio: Dia do Comissário de Menores
  • 20 de maio: Dia do Pedagogo
  • 21 de maio: Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento
  • 21 de maio: Dia da Língua Nacional
  • 22 de maio: Dia do Apicultor
  • 22 de maio: Dia Internacional da Biodiversidade
  • 22 de maio: Dia do Abraço
  • 23 de maio: Dia da Juventude Constitucionalista
  • 24 de maio: Dia da Infantaria
  • 24 de maio: Dia do Datilógrafo
  • 24 de maio: Dia do Telegrafista
  • 24 de maio: Dia Nacional do Café
  • 24 de maio: Dia Nacional do Cigano
  • 25 de maio: Dia da Indústria
  • 25 de maio: Dia do Massagista
  • 25 de maio: Dia do Trabalhador Rural
  • 25 de maio: Dia Nacional da Adoção
  • 25 de maio: Dia Internacional das Crianças Desaparecidas
  • 25 de maio: Dia da Costureira
  • 26 de maio: Dia Nacional do Bombeiro
  • 27 de maio: Dia do Profissional Liberal
  • 27 de maio: Dia do Serviço de Saúde
  • 27 de maio: Dia Nacional da Mata Atlântica
  • 28 de maio: Dia do Ceramista
  • 29 de maio: Dia do Estatístico
  • 29 de maio: Dia do Geógrafo
  • 29 de maio: Dia Mundial da Energia
  • 29 de maio: Dia Internacional dos Soldados da Paz das Nações Unidas
  • 30 de maio: Dia das Bandeiras
  • 30 de maio: Dia do Geólogo
  • 31 de maio: Dia Mundial das Comunicações Sociais
  • 31 de maio: Dia do Comissário de Bordo
Arquivado em: Datas Comemorativas