Próclise, mesóclise e ênclise

Mestra em Letras e Linguística (UFG, 2016)
Licenciada em Letras-Português (UFG, 2009)

Sempre abrir.

Próclise, Mesóclise e Ênclise são as diferentes posições que os Pronomes Oblíquos Átonos podem ocupar em uma oração.

Na tabela a seguir é possível visualizar estas posições de maneira objetiva:

Próclise Ênclise Mesóclise
Quando o Pronome Oblíquo é colocado antes do Verbo. Quando o Pronome Oblíquo é colocado após o Verbo. Quando o Pronome Oblíquo é colocado entre o Radical e as desinências verbais que marcam os tempos futuros do presente e do pretérito.
Eles me colocaram na fila de espera. Sentou-se imediatamente quando o professor entrou. Realizar-se-á uma conferência para discutir melhor o sobre o assunto.

Orientações gerais da Gramática Normativa sobre a colocação dos Pronomes Oblíquos Átonos

A colocação pronominal é estudada pela Sintaxe da Gramática Normativa, a qual admite três diferentes posições sintáticas ocupadas pelos Pronomes Oblíquos Átonos quando atuam sintaticamente como Complementos dos Verbos. É o que se chama de: Próclise, Mesóclise e Ênclise. Cada posição receberá uma denominação dependendo do contexto sintático em que os Pronomes são colocados.

Embora a Próclise seja a posição mais utilizada pelos usuários da Língua Portuguesa do Brasil, em contextos de fala e escrita coloquiais, é necessário conhecermos todas elas, pois constantemente recorremos ao uso da modalidade escrita formal da nossa língua.

Antes de iniciarmos as reflexões sobre cada uma das posições, relembre o que são e quais são os Pronomes Oblíquos Átonos da Língua Portuguesa:

Pronomes

Os Pronomes são uma classe de palavras que determinam ou substituem o substantivo. Existem oito tipos de Pronomes: Pessoal, Possessivo, Demonstrativo, Interrogativos, Relativos, Indefinidos, Adjetivos e Substantivos. Os Pronomes Oblíquos Átonos e os Pronomes Pessoais do Caso Reto são os dois tipos de Pronomes Pessoais.

Pronomes Oblíquos Átonos

Veja a tabela a seguir com os Pronomes Oblíquos Átonos:

Pessoa do discurso Pronomes Oblíquos Tônicos Pronomes Oblíquos Átonos
1ª pessoa do singular Mim, comigo Me
2ª pessoa do singular Ti, contigo Te
3ª pessoa do singular Se, o , a, lhe O, a, lhe
1ª pessoa do plural Nos Nos
2ª pessoa do plural Vos Vos
3ª pessoa do plural Se, os, as, lhes Os, as, lhes

Próclise

Próclise é quando o Pronome Oblíquo Átono é posicionado antes do Verbo. O uso de Próclise é recomendado:

1. Nas orações em que aparecem as Locuções Verbais e tempos verbais compostos o Pronome aparece antes do verbo principal de depois do verbo auxiliar:

Ele está me ajudando muito.

2. Nas palavras ou Locuções com sentido negativo:

O dinheiro não vos corromperá.

3. Nas frases exclamativas ou interrogativas diretas:

Quem pode nos ajudar a recolher o lixo?

Não me incomode!

4. Advérbios:

Hoje o vi regando as flores.

5. Pronomes Relativos:

O aluno que lhe desrespeitou foi para a diretoria.

6. Pronomes Indefinidos:

Alguém me diz o que está acontecendo aqui!

7. Pronomes Demonstrativos Neutros:

Aquilo me lembra o dia em que caí de bicicleta.

8. Conjunções e Locuções Subordinativas:

Não ultrapassou porque nos deve respeito.

Ênclise

Ênclise é quando o Pronome Oblíquo Átono é posicionado depois do Verbo. O uso de Ênclise é recomendado quando o Verbo:

1. Inicia a oração:

Refiro-me ao carregador de celular.

2. Está flexionado no modo Imperativo afirmativo:

Dê-me um copo com água.

3. Está no Gerúndio:

Meu pai veio carregando-me no colo.

4. Está no Infinitivo Impessoal:

Quero dar-lhe uma boa notícia.

Mesóclise

A Mesóclise ocorre quando o Pronome Oblíquo é colocado entre o Radical e as desinências verbais que marcam os tempos futuros do presente e do pretérito. Embora pouquíssimo utilizada atualmente, a Mesóclise é recomenda quando o Verbo estiver flexionado nos futuros do presente e do pretérito e não vier precedido por qualquer palavra atratora de Pronomes Átonos.

Ajudar-nos-ia se falasse um pouco mais baixo.

Permitir-lhes-ei mais uma taça de vinho.

Arquivado em: Português