Clima de São Paulo

Mestre em Ciências Humanas (PUC-RJ, 2016)
Graduado em Geografia (UFF, 2009)

O clima predominante no Estado de São Paulo é o clima tropical, que se caracteriza por apresentar verões quentes e chuvosos e inverno seco e pouco frio. Entretanto as temperaturas variam de acordo com o relevo (altitude), a proximidade com o mar e a latitude. É importante ressaltar que a há diferenças nos conceitos de clima e de tempo meteorológico. Assim, o tempo é uma combinação passageira da atmosfera, já o clima resulta de condições que perduram por um período mais longo. O tempo é uma combinação transitória, concreta, de comportamentos dos elementos, caracterizando um estado atmosférico momentâneo (CONTI & FURLAN, 1996). O clima, segundo MARTINELLI (2010) é a série de estados da atmosfera acima de um lugar em sua sucessão habitual. Dessa forma, pode-se dividir o clima do Estado de São Paulo em três: O clima tropical úmido, o clima tropical de altitude e clima subtropical.

O clima tropical úmido possui como característica a alta temperatura e o elevado teor de umidade no ar. Além disso possui como principais características as elevadas temperaturas tanto no verão como no inverno; a existência de duas estações uma úmida e outra seca; temperaturas muito altas ao longo de todo o ano; reduzida amplitude térmica anual e precipitações durante todo o ano.

O clima tropical de altitude, conforme o nome já nos diz, é um tipo climático que predomina nos planaltos e serras brasileiros. Os climas de altitude apresentam caraterísticas térmicas e de precipitação que são impostas pela altitude. Locais soba influência deste clima apresenta uma temperatura média anual amena, entre 18° e 26°.

O clima subtropical é influenciado pela massa polar atlântica, que determina temperatura média de 18°C e amplitude térmica elevada (10°C). As chuvas são pouco intensas, 1000 mm/ano, mas bem distribuídas durante o ano. Há geadas com frequência e eventuais nevadas. Apresenta estações do ano bem marcadas. O verão é muito quente, podendo ultrapassar os 30°C de temperatura. O inverno é muito frio, com temperatura inferior a 0°C. Primavera e outono têm temperatura média entre 12°C e 18°C.

Dessa forma, a região central do território paulista tem-se a predominância do clima tropical de altitude. Esse clima é caracterizado por temporada de chuvas durante o verão, seca no inverno e temperatura média superior a 22º C no mês mais quente. Em algumas áreas serranas, a temperatura média superior é inferior a 22º C no mês mais quente.

Na região noroeste do estado onde estão localizadas as cidades de Andradina, Araçatuba, Catanduva, Jales e São José do Rio Preto, o clima é o tropical úmido, caracterizado por temperaturas significativamente mais quentes e inverno bastante seco. O mês mais frio apresenta temperaturas médias superiores a 18º C.

Na região sul do estado, encontram-se faixas de clima tropical. O verão apresenta temperaturas elevadas e não possui a estação seca de inverno que predomina nas outras regiões do estado.

Nas áreas mais altas da Serra do Mar e Serra da Mantiqueira, o verão é mais ameno e chuvoso. As temperaturas médias são as mais baixas do estado. Por exemplo, Campos do Jordão tem uma temperatura mínima média de 8,8º C.

O litoral tem um clima tropical úmido, sem uma estação seca e precipitação média do mês mais seco superior a 60 mm. Por exemplo, Mongaguá possui temperatura de 24,6º C e 2.588 mm de chuva (média anual).

Referencias:

CONTI, J.B. e FURLAN, S.A. Geoecologia. O clima, os solos e a biota. In: ROSS, J. L. S. Geografia do Brasil. São Paulo: Edusp, 1996.

MARTINELLI, M. Clima do Estado de São Paulo. Confins Online, 2010. Disponível em: http://journals.openedition.org/confins/6348. Acesso em 28 de dezembro de 2017.

Arquivado em: Clima, São Paulo