Lantanídeos

Graduação em Química (Centro Universitário Franciscano, UNIFRA, 2014)

A série dos Lantanídeos é parte dos elementos de transição interna, juntamente com os Actinídeos. São pertencentes ao período 6 da tabela periódica. O primeiro elemento é o Lantânio (La) sendo que este se encontra no bloco D e os demais no bloco F e as suas características se assemelham ao grupo 1 e 2. É muito utilizado na produção de produtos óticos como lentes e também no craqueamento do petróleo.

O Cério (Ce) é utilizado na produção de ferro e aço, o praseodímio (Pr) é um metal que forma soluções esverdeadas e é empregado em vidros de máscaras de solda. O Neodímio (Nd) e o Hólmio (Ho) são empregados na confecção de lentes e produtos óticos. Já o Promécio (Pm) é um elemento que não é encontrado na natureza, somente é obtido por bombardeamento do Neodímio com nêutrons, ou entre os produtos de fissão do urânio. É utilizado como fonte de raios-x em eletroportáteis. O Samário (Sm) é um reagente utilizado em sínteses orgânicas na forma de iodeto.

O mais reativo dos lantanídeos é o Európio (Eu) e é empregado na fabricação de tintas fluorescentes. O Gadolínio (Gd) é razoavelmente estável ao ar e é usado em exames de ressonância magnética, o Térbio (Tb) é um metal tão macio que pode ser cortado com uma faca, sendo utilizado também em lâmpadas fluorescentes. O Diprósio (Dy) também é útil na confecção de lâmpadas mas pode ser utilizado em reatores nucleares. O Túlio (Tm) é empregado para dopar vidros devido a sua cor verde. Por fim o Itérbio (Yb) e o Érbio (Er) são matéria-prima na confecção de lasers e o Lutécio (Lu) é um rádiofármaco.

São todos metais prateados, moles e extremamente reativos. Podem ser chamados também de elementos terras raras muito embora sua ocorrência não seja tão rara assim. Os lantanídeos, devido a seus orbitais f não participarem da formação das ligações formam pouquíssimos compostos de coordenação.

Observa-se nesta série o fenômeno de contração dos lantanídeos em que o raio vai diminuindo no decorrer da série devido ao fraco efeito de blindagem do núcleo em relação às camadas mais externas.

Lista de elementos químicos do grupo dos Lantanídeos