Biomas terrestres

Mestre em Ecologia e Manejo de Recursos Naturais (UFAC, 2015)
Graduada em Ciências Biológicas (UFAC, 2011)

Os diferentes biomas terrestres são reconhecidos pelo tipo de vegetação clímax que apresentam. Um bioma é uma unidade de comunidade mais ampla que podemos reconhecer, onde os fatores climáticos interagem com a biota (organismos vivos). De modo geral a vegetação de um bioma é uniforme, mas diferentes espécies vegetais podem predominar em diferentes partes de um bioma.

Principais biomas terrestres mundiais

Tundra - localiza-se próximo ao Polo Norte. Seu solo possui uma camada que está sempre congelada (permafrost). Árvores não se desenvolvem nesse bioma. A vegetação é constituída por musgos, liquens e eventuais arbustos. A fauna é formada por ursos polares, bois almiscarados, lobos, raposas, lemingues, etc.

Paisagem de uma região de tundra. Foto: Vkhom68 / Shutterstock.com

Paisagem de uma região de tundra. Foto: Vkhom68 / Shutterstock.com

Taiga - também chamada de Floresta de Coníferas, localiza-se no hemisfério norte, ao sul da Tundra. Sua vegetação é constituída por árvores do tipo coníferas, adaptadas ao clima frio. Renas, alces, veados, lobos, ursos polares, linces e esquilos estão entre os animais desse bioma.

Região de Taiga na Sibéria (Rússia). Foto: Okyela / Shutterstock.com

Região de Taiga na Sibéria (Rússia). Foto: Okyela / Shutterstock.com

Floresta Temperada - localiza-se em regiões de clima temperado, principalmente nos Estados Unidos, Europa e Ásia. As quatro estações do ano são bem definidas. As árvores desse bioma (carvalhos, faias, pinheiros e outras) são caducifólias. Abriga animais como javalis, veados, esquilos e raposas.

Floresta temperada na Romênia (Europa). Foto: Florin Mihai / Shutterstock.com

Floresta temperada na Romênia (Europa). Foto: Florin Mihai / Shutterstock.com

Floresta Tropical - é encontrada nos trópicos, sendo a Amazônia a maior área desse bioma. Caracteriza-se por temperaturas elevadas e chuvas abundantes. Sua vegetação é densa e heterogênea, com árvores de varias alturas. É o bioma com maior diversidade de vegetais e animais.

Mata de uma floresta tropical. Foto: Eugene Sergeev / Shutterstock.com

Mata de uma floresta tropical. Foto: Eugene Sergeev / Shutterstock.com

Campos Temperados - são grandes formações vegetais com predominância de gramíneas, herbáceas e pequenos arbustos esparsos. Ocorrem na América do Norte, Eurásia, África e América do Sul. O clima é semiárido. Os Campos da região Sul do Brasil são chamados de “pampas”.

Campos temperados. Foto: Ami Parikh / Shutterstock.com

Campos temperados. Foto: Ami Parikh / Shutterstock.com

Savanas – são típicas de regiões de clima tropical. As savanas mais conhecidas são as africanas, onde vivem leões, girafas, elefantes, zebras, entre outros. Também ocorrem na América do Sul e Austrália. Sua vegetação é formada por gramíneas e árvores esparsas.

Vegetação de savana na África. Foto: TTphoto / Shutterstock.com

Vegetação de savana na África. Foto: TTphoto / Shutterstock.com

Deserto – ocorre nas regiões quentes ou frias, onde a precipitação é muito baixa. A vegetação está ausente na maior parte desse bioma. As plantas são principalmente cactáceas e herbáceas e estão adaptadas à escassez de água.

Deserto de Sonora, Arizona (EUA). Foto: Marc Turcan / Shutterstock.com

Biomas terrestres brasileiros

Amazônia – é o maior bioma do Brasil. Localiza-se na região Norte. Seu clima é quente e úmido. A vegetação predominante é a Floresta Ombrófila Densa. Caracteriza-se pela presença de árvores de grande porte. Abriga a maior biodiversidade do planeta.

Floresta Amazônica. Foto: Filipe Frazao / Shutterstock.com

Floresta Amazônica. Foto: Filipe Frazao / Shutterstock.com

Mata Atlântica – ocupava quase todo o litoral brasileiro, mas atualmente ocupa cerca de 7% da área original. Apesar de certa homogeneidade, apresenta diferentes formações florestais. A fauna é riquíssima (onça pintada, mico-leão-dourado, veado, tatu-canastra, etc.)

Mata Atlântica, exemplo de Floresta Ombrófila Densa. Foto: Luiz Rocha / Shutterstock.com

Mata Atlântica, exemplo de Floresta Ombrófila Densa. Foto: Luiz Rocha / Shutterstock.com

Caatinga - localiza-se no sertão nordestino e é o único bioma com distribuição exclusivamente brasileira. A vegetação é adaptada ao clima seco, formada por árvores e arbustos baixos com galhos retorcidos, ervas rasteiras e cactos.

Parque Nacional Serra da Capivara, com vegetação de Caatinga. Foto: Andre Dib / Shutterstock.com

Parque Nacional Serra da Capivara, com vegetação de Caatinga. Foto: Andre Dib / Shutterstock.com

Cerrado – encontra-se principalmente na região Centro-Oeste. Apresenta clima quente e baixa precipitação. Sua vegetação é formada por árvores com caules tortuosos, arbustos e gramíneas. A fauna é muito rica.

Paisagem de cerrado. Foto: Filipe Frazao / Shutterstock.com

Paisagem de cerrado. Foto: Filipe Frazao / Shutterstock.com

Pantanal – é a maior planície inundável do mundo. Está presente nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A vegetação é formada por gramíneas, arbustos e árvores de grande porte, dependendo do local. Possui uma rica diversidade de plantas e animais.

Pantanal. Foto: Filipe Frazao / Shutterstock.com

Pantanal. Foto: Filipe Frazao / Shutterstock.com

Mata de Araucárias – encontra-se principalmente na região Sul do país. Caracteriza-se pela presença de pinheiros, com predominância do pinheiro-do-paraná, árvore típica da região.

Araucárias. Foto: Iuliia Timofeeva / Shutterstock.com

Araucárias. Foto: Iuliia Timofeeva / Shutterstock.com

Mata de Cocais – ocorre entre as florestas úmidas da região Norte e as terras semiáridas do Nordeste do Brasil. A vegetação é dominada por palmeiras, como a carnaúba, babaçu e oiticica.

 

Referências
http://www.mma.gov.br/biomas
http://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/questoes_ambientais/biomas/
Odum, E. P. Fundamentos de Ecologia. 6ª ed. São Paulo: Fundação Calouste Gulbenkian, 2004.

Arquivado em: Biomas